A importância da hidratação na actividade desportiva

Um estudo publicado na revista “Nutricíon Hospitalaria”, realizado pelos professores Aritz Urdampilleta e Saioa Gómez-Zorita, investigadores da Universidade do País Basco, concluiu que a hidratação adequada, antes, durante e após a actividade física não só melhora o rendimento desportivo como tem consequências positivas na saúde dos atletas.

Entre as várias conclusões do estudo, há várias a destacar:

  • Bebidas isotónicas devem hidratar, fornecer sais minerais e hidratos de carbono e também aumentar a absorção de água, isto mediante uma combinação de sódio e açúcares;
  • As pessoas com mais gordura têm menos água no corpo (55-59%), enquanto atletas com maior volume de sangue e massa muscular têm níveis mais altos (60 a 65%);

  • Os desportistas perdem menos quantidade de sódio por litro de suor, isto apesar de poderem perder igual ou maior quantidade de suor;
  • Nas provas de longa duração,com mais de quatro horas- maratonas e triatlos – é normal uma perda de peso de 2 a 6%, o que se reflecte no rendimento desportivo e na saúde;
  • Com um nível de desidratação de apenas 1% do peso corporal, regista-se um aumento de 0,3º e cerca de seis pulsações por minuto. Se o nível chegar aos 3% diminui a resistência muscular e pode surgir hipotermia, celafeias e desorientação. Aos 4% surge a perda de força a resistência e as cãibras musculares. Com 5 e 6% é evidente a presença de exaustão e um aumento significativo da temperatura corporal (39 a 41º – estado febril);
  • Por outro lado, a hiperhidratação pode também causar danos, nomeadamente a diminuição da concentração de sódio no sangue, o que pode causar edema cerebral ou insuficiência respiratória;
  • Em ultramaratonas (120 a 160 kms), 50% dos atletas atinge estados de desidratação entre os 3 e os 6% e 30% dos ultramaratonistas chega a sofrer de hipotermia;
  • Em ambientes quentes, acima dos 30ºC, as perdas de água podem atingir dos 2 a 4 ltrs/hora;
  • Para que a hidratação seja adequada, as bebidas em competição devem ser isotónicas.

Para saber qual a quantidade de água que deve ingerir durante o seu treino, siga esta fórmula – AQUI.

Comentar

comentários

Leave a comment

Your email address will not be published.


*