Alonso aborta compra de Euskatel-Euskadi

Problemas nas negociações finais levaram a que o piloto espanhol
de Fórmula 1 recuasse na intenção de comprar a equipa profissional de ciclismo

Foi há três semanas que a notícia fez furor no meio do ciclismo profissional. Fernando Alonso, piloto espanhol da Ferrari, em Fórmula 1, preparava-se para dar forma à paixão que tem pelo desporto e tinha chegado a um princípio de acordo para a compra da licença da Euskatel-Euskadi. Desde então para cá o processo vinha sendo remetido ao silêncio, enquanto duravam as negociações finais e se começava a preparar a nova época, quer ao nível da equipa, quer ao nível de apoios e patrocinadores.
Mas tudo parece ter ficado sem efeito. As negociações entre os advogados das duas partes encontraram alguns obstáculos que parecem ser impossíveis de transpor e Fernando Alonso optou por abortar a operação, embora o divórcio não seja ainda oficial. Quem mais fica a perder, por agora, são os ciclistas da antiga Euskatel-Euskadi, com especial destaque para Samuel Sánchez, o nome forte da equipa de origem basca.
Quanto a Fernando Alonso, o sonho de entrar no mundo do ciclismo não está colocado de parte e caso este negócio caia mesmo por terra o passo seguinte poderá passar por formar uma equipa de raiz na classe ProContinental, a “2ª divisão” do ciclismo profissional.

Comentar

comentários

Leave a comment

Your email address will not be published.


*