Burry Stander morre atropelado enquanto treinava

Campeão do Mundo de BTT, natural da África do Sul, morreu hoje enquanto treinava. Foi atropelado por um táxi.

O mundo do ciclismo e do BTT volta a estar em choque com a morte de mais um atleta. Burry Stander, de apenas 25 anos, estava a treinar na cidade de KwaZulu-Natal quando foi atropelado por um táxi. O bttista não resistiu aos ferimentos provocados pelo embate do automóvel.

Stander era um dos mais famosos atletas de BTT da África do Sul, tendo mesmo sido campeão do mundo de sub-23 em 2009. Em 2012 este presente nos Jogos Olímpicos de Londres e ficou em 5º lugar. Foi também o primeiro sul-africano a ganhar o Cape Epic, uma das provas de BTT por etapas mais duras do mundo e que se realiza, precisamente, na África do Sul. Venceu a prova em 2011 e repetiu o feito em 2012.

A morte de Burry acontece apenas algumas semanas depois do ciclista espanhol, Iñaki Lejarreta, também ter falecido na sequência de um atropelamento. Em Setembro de 2012 também Vítor Cabedo, de 23 anos, morreu depois de ter sido atingido por um carro enquanto treinava em Valência, Espanha, de onde era natural.

Burry Stander nos JO de Londres, em 2012

Burry Stander nos JO de Londres, em 2012

Em Portugal foi recente o caso que envolveu Rui Sousa, ciclista da Efapel-Glassdrive, que também foi atropelado enquanto treinava, em Dezembro de 2012. O atleta de 36 anos vai ficar obrigado a parar durante um mês devido a uma fractura no sacro como resultado desse incidente.

Comentar

comentários

Leave a comment

Your email address will not be published.


*