Carlos Sá desiste no Ultra-Trail du Mont-Blanc

Ultra-maratonista português viu-se obrigado a abandonar a corrida
após 7 horas de prova

Carlos Sá não guardará boas recordações da edição 2013 do UTMB. Depois do 5º e 4º lugar, em 2011 e 2012 respectivamente, o mais famoso ultra-maratonista português viu-se obrigado a abandonar a prova do Mont-Blanc quando tinha apenas 7h55m e 65 kms percorridos.
O atleta que há menos de dois meses brilhou ao vencer a Badwater Race, nos Estados Unidos, não partiu bem e já acusava alguma fadiga muscular em Les Contamines, ao km 31. Ainda não se sabe ao certo o que aconteceu depois, mas foi o próprio Carlos Sá, através do seu facebook que anunciou a desistência, pouco depois da 1h da manhã. “Amigos, obrigado pelo apoio, infelizmente não dá mais. Ví-me obrigado a desistir. Obrigado por estarem desse lado.”

Armando Teixeira é, no momento, o melhor colocado entre os portugueses, tendo passado ao KM 77 em 21º lugar. Luis Mota vem um pouco atrás, em 29º lugar.

Comentar

comentários

Leave a comment

Your email address will not be published.


*